terça-feira, 28 de agosto de 2012

Mais palavras no papel

Sempre gostei de escrever cartas, bilhetes, recadinhos. Mesmo hoje nestes tempos de grandes tecnologias, ainda escrevo em guardanapos de papel, panfletos de propaganda, escrevo em qualquer coisa que eu tenha à mão. Em alguns dias da minha vida, pareço muda, não escrevo nada, mesmo as idéias fervilhando na minha cabeça, fico muda. Por um motivo ou por outro, não consigo dizer muito. 
Hoje é um dia que parece que tomei chá de chocalho, como dizia minha vozinha Madalena, quero falar sem parar, ou melhor escrever sem parar. Escrevi bilhetinhos pela manhã, mas como sou estabanada perdi dois em meio as minhas tantas coisas a transportar. Para não parecer muito doida para falar, enviei e-mail com várias informações sobre VGBL, ações, fundos imobiliários, isso só para falar, dizer. Não contente com tudo isso, mas controladamente ainda, enviei sms. E continuo escrevendo aqui. E quero escrever sobre qualquer coisa que vem a tona. Já sei, vou escrever sobre férias, minhas férias, que ainda não começaram, mas, logo vão chegar. Costumo dizer que a melhor parte do trabalho são as férias.Acredito piamente nisso. Não que eu não goste de trabalhar, gosto muito, contudo as férias são um alento para minha cabeça estressada e meu corpo cansado. Quero ter tempo para arrumar minhas coisas, cuidar das minhas plantas, arrumar as sobrancelhas, ficar horas olhando um filme, sem compromisso com horários. Ir a praia em plena segundona, e sorrir por que estou conseguindo fazer isso. Ler poesias, comer peixe cozido feito por mim, tomar uma taça de vinho branco a tarde enquanto ouço música. Sair para comprar quinquilharias, andar de havaianas o dia todo. Dormir na rede no meu velho terraço. Acordar e fazer um café fresquinho, quem sabe tomar mais uma taça de vinho, do Porto agora. Ah , férias, férias, certamente a  melhor parte do trabalho.
Nestas férias, terei muita coisa diferente, e minha esperança é que tudo seja inesquecível e bom. Bom na medida da leveza de muitos sorrisos, passeios e  alegrias da construção de mundos novos.Mundos amáveis, transbordantes de carinho, de respeito e de muito amor.
Agradecida a Deus por mais este dia de vida, por meus claros cabelos, por aquela lua linda no céu, por esta noite, e por tudo que meu Senhor me concede, vou ficando por aqui. Deu sono, amanhã escrevo mais.


foto: http://danielpolcaro.files.wordpress.com/2010/07/ferias.jpg

Um comentário:

  1. Olá, parabéns pelo seu blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir

Humm...que felicidade, você comentou!